SETEMBRO/2020 – Fibroma Ossificante: Caso Clínico – L

Publicação Mensal Interna da Papaiz – Edição L – Setembro 2020

O fibroma ossificante (FO) é uma neoplasia fibro-óssea benigna: histologicamente, compõe-se de fibroblastos e conteúdo mineral (tecido ósseo ou cementóide); ainda, devido ao seu amplo metabolismo tumoral, o FO possui grande quantidade de vasos sanguíneos. O FO, clinicamente, apresenta crescimento lento e expansivo, usualmente indolor, podendo envolver os ossos da face e crânio, com predileção pela mandíbula, de preferência em indivíduos do gênero feminino. Pode haver deslocamento de raízes.

Radiograficamente, o FO possui características bastante similares às demais lesões fibro-ósseas: densidade mista (radiopaca-radiolúcida), de acordo com seu grau de maturação. Ou seja, lesões mais antigas apresentam maior conteúdo mineral, e portanto, predominantemente opacas. Lesões recentes mostram-se radiolúcidas/hipodensas com menor componente ósseo ou cementóide. O diagnóstico diferencial do FO é a displasia fibrosa, que, histologicamente, é constituída pelo mesmos elementos, exceto pela hipervasculização.

Em lesões pequenas, o tratamento é a enucleação e curetagem. Em casos de grandes proporções, a ressecção cirúrgica é necessária. O prognóstico é favorável; casos de recidivas não são comuns, porém, um acompanhamento a longo prazo seja necessário.

 

 

 

 

 

Imagem de densidade mista (Z) em processo alveolar e corpo da mandíbula do lado direito, associada ao elemento 44 (não irrompido) e em contato com as raízes dos dentes 43 e 45(com afastamento das mesmas). Há aumento de volume das corticais vestibular, lingual e da crista óssea alveolar. Fibroma Ossificante.

 

Referências Bibliográficas

 

-Nelson BL, Phillips BJ. Benign Fibro-Osseous Lesions of the Head and Neck. Head Neck Pathol . 2019 Sep;13(3):466-475. doi: 10.1007/s12105-018-0992-5. Epub 2019 Mar 18.

-Kharsan V, Madan RS, Rathod P, Balani A, Tiwari S, Sharma S. Large Ossifying Fibroma of Jaw Bone: A Rare Case Report. Pan Afr Med J. 2018 Aug 31;30:306. doi: 10.11604/pamj.2018.30.306.15877

-Silveira DS, Cardoso FO, Silva BJA, Cardoso CAA, Manzi FR. Fibroma ossificante: relato de caso clínico, diagnóstico imaginológico e histopatológico e tratamento feito.  Rev. bras. ortop. vol.51 no.1 São Paulo Jan./Feb. 2016. https://doi.org/10.1016/j.rboe.2015.12.002 

-Papaiz EG, Capella LRC, Oliveira RJ. Atlas de Tomografia Computadorizada por Feixe Cônico para o Cirurgião dentista. São Paulo: Editora Santos, 2011. Capítulo 8 (Tumores Odontogênicos). Pags. 105-122.

-Toyosawa S, Yuki M, Kishino M, Ogawa Y, Ueda T, Murakami, Konishi E, Iida S, Kogo M, Komori T, Tomita Yasuhiko. Ossifying fibroma vs fibrous dysplasia of the jaw: molecular and immunological characterization. Mod Pathol. 2007 Mar;20(3):389-96. doi: 10.1038/modpathol.3800753.

Fazer comentário

14 − sete =