Odontoma e suas classificações atuais

Os Odontomas são atualmente considerados como malformações hamartomatosas, isto é, uma proliferação tortuosa e exuberante de tecidos odontogênicos normais (esmalte, dentina, cemento e polpa). Antigamente, os odontomas eram considerados neoplasias; até então, a prevalência deste tipo de afecção era considerada maior do que todos os outros tumores odontogênicos somados.

Os odontomas são usualmente diagnosticados em exames de rotina (devido à ausência de sintomatologia dolorosa) durante a segunda década de vida – não há predileção por gênero. Por vezes, existe a queixa do paciente no retardo na erupção de um dado elemento (frequentemente, os dentes anteriores).

Aproximadamente  50% dos odontomas estão associados com dentes não irrompidos e podem se originar em qualquer local da maxila ou mandíbula. Histologicamente, o odontoma tem duas variantes: complexo e composto.

No que diz respeito à interpretação imaginológica, o odontoma é uma lesão de tonalidade opaca (predominantemente radiopaca nas radiografias/hiperdensa nas tomografias). É possível distinguir as variantes do odontoma por meio de exames imaginológicos.

1

Imagem predominantemente hiperdensa, composta por diversos dentículos, em processo alveolar da mandíbula, região anterior. Imagem compatível com Odontoma Composto.

 

2

Imagem predominantemente hiperdensa, composta por diversos dentículos, em processo alveolar da mandíbula, região anterior. Imagem compatível com Odontoma Composto.

O odontoma complexo é considerado a mais radiopaca/hiperdensa de todas as lesões odontogênicas. Nestes casos, observamos uma massa homogênea, esférica ou ovóide, que não exibe semelhança anatômica com um dente. É o tipo mais frequente de odontoma.

3

Massa radiopaca, homogênea, de aspecto ovóide observada em região de molares superiores do lado direito. Nota-se que o dente 18 está deslocado de sua trajetória de erupção. Odontoma Complexo.

4

Massa radiopaca, homogênea, de aspecto circular, observada na região correspondente ao dente 28, estando o mesmo deslocado de sua trajetória de erupção. Odontoma Complexo.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

-Imran A, Jayanthi P, Tanveer S, Gobu SC. Classification of odontogenic cysts and tumors – Antecedents. J Oral Maxillofac Pathol. 2016 May-Aug;20(2):269-71. doi: 10.4103/0973-029X.185935.

-Santos LA1, Lopes LJ2, Roque-Torres GD2, Oliveira VF3, Freitas DQ. Complex Odontoma: A Case Report with Micro-Computed Tomography Findings. Case Rep Dent. 2016;2016:3584751. doi: 10.1155/2016/3584751. Epub 2016 May 17.

– Girish G1, Bavle RM2, Singh MK3, Prasad SN4. Compound composite odontoma. J Oral Maxillofac Pathol. 2016 Jan-Apr;20(1):162. doi: 10.4103/0973-029X.180982.

– Neville BW, Damm DD, Allen AM, Bouquot JE. Patologia Oral e Maxilofacial. 3 ED. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. Capítulo 15 (Cistos e Tumores Odontogênicos). Pag. 679-741)

Souza IF in: Radiologia Odontológica, 6ª ED, São Paulo: Artes Médicas. Capítulo 24 (Aspectos radiográficos das lesões ósseas maxilomandibulares). Pags. 483-526.

Odontoma e suas classificações atuais
Avalie

Comments are closed.