O intuito de criarmos a Assessoria ao Cirurgião Dentista é estreitar a relação da Papaiz com nossos clientes, esclarecendo dúvidas, falando sobre novidades na área de radiodiagnóstico odontológico e apresentando achados radiográficos e tomográficos de diversas patologias.

Para alcançar este objetivo, contamos com uma equipe de radiologistas que esta a sua disposição para tirar suas dúvidas. Sinta-se à vontade para emitir opiniões e sugestões a respeito e para compartilhar casos clínicos conosco. Lembramos que nós da assessoria odontológica estamos sempre à sua disposição.

Nosso e-mail para contato é contatos@papaizassociados.com.br

Displasia Fibrosa – Aspectos Radiográficos e Tomográficos

De modo geral a substituição da arquitetura óssea por tecido fibroso caracteriza um grupo de patologias denominadas de lesões fibro ósseas; dentro deste elenco de patologias, temos a Displasia Fibrosa (DF), que ainda, também é classificada como uma condição não

Baixar PDF
Publicado em Editorial

DICAS DE PRÓTESE LABORATORIAL

Digital smile design: uma ferramenta para planejamento e comunicação em odontologia estética CoaChman, Christian Cirurgião-dentista, técnico em Prótese dentária e desenvolvedor do DSD   Por que é importante? O objetivo de todo tratamento estético dental deve ser o de criar

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Defeito Ósseo de Desenvolvimento da Mandíbula (DODM)

O defeito ósseo de desenvolvimento da mandíbula (DODM) é considerado uma variação anatômica; em 1942, Edward Stafne foi o primeiro a reconhecer esta condição, que, por ter características radiográficas semelhantes à um cisto maxilomandibular, passou a ser denominada como “Cisto

Baixar PDF
Publicado em Editorial

A Tomografia Computadorizada Cone Beam aplicada à Implantodontia

A Tomografia Computadorizada Cone Beam (TCCB) tem grande valor no auxílio ao planejamento em implantodontia: além de permitir a observação da morfologia do processo alveolar da maxila e da mandíbula, pode-se obter medidas de sua altura e espessura em tamanho

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Odontoma e suas classificações atuais

Os Odontomas são atualmente considerados como malformações hamartomatosas, isto é, uma proliferação tortuosa e exuberante de tecidos odontogênicos normais (esmalte, dentina, cemento e polpa). Antigamente, os odontomas eram considerados neoplasias; até então, a prevalência deste tipo de afecção era considerada

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Tumores Odontogênicos II

Nesta edição do Boletim Científico da Papaiz, continuaremos a discorrer sobre Tumores Odontogêncos: Tumor Odontogênico Ceratocistico e Tumor Odontogênico Cístico Calcificante.   Tumor Odontogênico Ceratocístico   Em 2005, a Organização Mundial da Saúde classificou o então “Queratocisto”, para Tumor Odontogênico

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Aspectos Radiográficos e Tomográficos dos Tumores Maxilo Mandibulares

Por definição, o que caracteriza uma neoplasia –  palavra hoje considerada como sinônimo de tumor – é o desenvolvimento anormal e tortuoso de células de um dado tecido, que cresce incessantemente, mesmo que um provável estímulo que iniciou o processo

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Radiologia Odontológica e suas aplicabilidades na Periodontia

A doença periodontal é uma infecção bacteriana crônica causada por microrganismos gram-negativos anaeróbicos presentes no biofilme aderido aos dentes. A doença periodontal, de forma lenta, vai progressivamente destruindo o osso alveolar e é, em grande parte, irreversível. As técnicas radiográficas

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Enxertos ósseos – sua aplicação em Odontologia

O tecido ósseo é um tecido conjuntivo especializado formado por células e matriz extracelular calcificadas. Trata-se de um tecido vascularizado, capaz de se modelar ao longo da vida de um indivíduo. A atividade osteoclástica e osteoblástica do organismo, de um

Baixar PDF
Publicado em Editorial

Tomografia computadorizada aplicada à Endodontia

Dizem que os olhos do endodontista estão na ponta dos dedos porque não é possível, clinicamente, observar a anatomia dental interna; mas é possível “senti-la”. Por esta razão, o endodontista precisa ter visão de raios X: as diversas etapas do

Baixar PDF
Publicado em Editorial

NOSSAS UNIDADES

Copyright 2013 - 2016 - Todos os direitos reservados a Papaiz.